top of page

(matéria atualizada em 16 de fevereiro, às 12h)


O período de consulta e solicitação do Auxílio Belo Horizonte começou em 17 de novembro de 2021 e terminaria no dia 15 de fevereiro de 2022, porém, a Prefeitura de Belo Horizonte ampliou o prazo, que agora vai até 31 de março.


O benefício emergencial foi criado para ajudar famílias em situação de pobreza, extrema pobreza e insegurança social a enfrentarem as consequências da pandemia no dia a dia.


De acordo com a PBH, mais de 300 mil grupos familiares estão aptos a receber o auxílio, que pode chegar a R$400 reais por mês. Até o momento, cerca de 70% dessas famílias já estão recebendo o pagamento e o prazo de consulta e solicitação foi ampliado para que a prefeitura da capital mineira consiga comunicar mais pessoas sobre a possibilidade de acesso à medida emergencial.


QUEM TEM DIREITO AO AUXÍLIO BELO HORIZONTE?


Para terem direito ao benefício emergencial da Prefeitura de Belo Horizonte, famílias que moram na capital mineira devem atender a requisitos como estarem inscritas ou terem solicitado inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal - CadÚnico até 30 de junho de 2021 e possuírem renda per capita familiar de até 1/2 (meio) salário mínimo, entre outras exigências.


A lista completa de quem pode reivindicar o pagamento está disponível no link a seguir: bit.ly/2YUppUf


Já para confirmarem se realmente têm direito e solicitarem o Auxílio Belo Horizonte, as famílias devem acessar o site do programa - auxiliobh.pbh.gov.br - e informar o CPF, além do primeiro nome do responsável pelo cadastro.


QUAL O PRAZO PARA CONSULTAR E SOLICITAR PAGAMENTO DO AUXÍLIO BH?


O prazo para solicitar o Auxílio Belo Horizonte termina no dia 31 de março de 2022 e o pagamento será feito sempre no mês seguinte ao pedido. Independentemente do momento da solicitação, as famílias receberão as seis parcelas do benefício, conforme indicado na lei.


QUAL O VALOR DO AUXÍLIO BELO HORIZONTE?


A Prefeitura de Belo Horizonte vai conceder quatro tipos de benefício:


  1. R$600,00 por família em situação de vulnerabilidade, disponibilizado em seis parcelas mensais e consecutivas de R$100,00;

  2. R$600,00 por família em situação de pobreza, disponibilizado em seis parcelas mensais e consecutivas de R$100,00;

  3. R$1.200,00 por família em situação de extrema pobreza, disponibilizado em seis parcelas mensais e consecutivas de R$200,00;

  4. R$100,00 mensais por família com estudante matriculado na Rede Municipal de Educação, disponibilizado até a regularização da oferta da alimentação escolar.


As parcelas do Auxílio Belo Horizonte serão depositadas na conta bancária do responsável pela unidade familiar e caso a família tenha direito a acumular mais de um subsídio, eles serão pagos na mesma data.


Para mais informações, acesse auxiliobh.pbh.gov.br.

whatsapp-logo-1.png
bottom of page